Inauguração My Tasty Travel Paris

Raice e Stéphane com o casal Li Zhang (FIWA) e Olivier Bouché
(presidente da Companhia de Jurados, Peritos e Expert de Vinhos de Paris)

Inauguração My Tasty Travel Paris

uma viagem sensorial

 

O espaço de degustação de vinhos e destilados My Tasty Travel Paris abriu oficialmente suas portas em duas noites de inauguração. A estreia foi para degustadores amadores e no dia seguinte, para profissionais. Durante a evento, os convidados tiveram a oportunidade de viver uma experiência sensorial entre alguns vinhedos franceses, terroirs e mesas do mundo. O percurso gustativo realizado sob medida por Raice e Stéphane Lesellier, juntamente com os parceiros da My Tasty Travel, propôs uma viagem do Brasil ao Japão passando pela França.

 

Degustação às cegas

A experiência gustativa começou com uma degustação às cegas dos vinhos brancos do Domaine Lefort (Pays d’Oc). O desafio era identificar a variedade de uva dos três rótulos da vinícola, entre elas Viognier, Sauvignon Blanc e Chardonnay. Em seguida, com os olhos vendados os convidados deveriam dizer se estavam degustando um tinto ou um branco. O desfio que parece fácil mas tem alguém que hesita...

 

Tinto em destaque

Depois, aconteceu o momento de (re)descobrir os vinhos tintos de Cahors e Bordeaux, incluindo as safras Pomerol Clos Saint-André de 2014 e 2016

 

Spirit Viagem

O percurso continuou com degustação de destilados animada por Philippe Mille e Diego Miotto, que fizeram os convidados viajar do Brasil (cachaça Novo Fogo) ao Japão (saquê Soto) passando por Bordeaux na França (conhaque Merlet).

 

Convivialidade

O evento foi antes de tudo um momento de convivialidade e de encontros. Os convidados tiveram a oportunidade de bater um papo com profissionais, como o enólogo Jean-Claude Desmarty, do Pomerol Clos Saint-André, que fez uma pausa na preparação da colheita para participar da inauguração My Tasty Travel. “Foi importante para mim participar dessa aventura, além do mais adoro testemunhar o início de belas histórias”, disse Desmarty, entusiasmado.

 

Champanhe para brindar

Para fechar com chave de ouro, foi feito um brinde com a cuvée Brut Tradition do champanhe Briaux Lenique (50% da Pinot Meunier). A maison de 4 hectares, localizada a 3 km de Epernay, no Vale de Marne, é administrada por duas irmãs, Stéphanie e Nathalie Briaux, que estavam no meio da colheita das uvas e não puderam estar presentes.