15 Novembro 2018

Fim de jogo

Não me causou surpresa a derrota da Seleção Internacional do Brasil para a Bélgica. As surpresas foram os êxitos da seleção canarinho em seus jogos na Rússia. Quem acompanha a minha coluna deve se lembrar que eu sempre escrevi, ao invés de seleção brasileira, Seleção Internacional do Brasil, porque é formada por jogadores que ganham milhões fora da Pátria amada. Para se formar um time em total sintonia e acertos não pode ser catando um ali e outro acolá. Quando o Tite colocou um reserva chamado Douglas na ponta direita, a seleção mudou da água pro vinho e ainda fez um gol. O gigante pela própria natureza, porque de resto está devastado, não merecia esse êxito do hexa. Deixa esses meninos com seus diamantes, colares de ouro e cabelos estilosos brilharem pelo mundo, enquanto milhares de brasileiros sofrem por conta da roubalheira. Agora vamos nos concentrar no campeonato que realmente importa para o nosso país e que vai mudar as nossas vidas: as eleições de outubro!